Ensaio Sobre A Cegueira

Capa do dvd

ensaio_12

Sinopse

Uma inédita e inexplicável epidemia de cegueira atinge uma cidade. Chamada de “cegueira branca”, já que as pessoas atingidas passam a ver apenas uma superfície leitosa, a doença surge inicialmente em um homem no trânsito e, pouco a pouco, se espalha pelo país. À medida que os afetados são colocados em quarentena e os serviços oferecidos pelo Estado começam a falhar, as pessoas passam a lutar por suas necessidades básicas, expondo seus instintos mais primitivos. A mulher do médico oftalmologista é a única que não é afetada, mas finge estar com a doença para acompanhar o marido em seu confinamento. Ela se vê obrigada a zelar por um grupo, tentando controlar seus extremos no caos que se estabeleceu.

Título original          …    Blindness

Duração                    …    121 min

Orçamento               …    U$ 25 milhões (estimado)

Bilheterias Brasil      …    796.676 ingressos

Lançamento             …    2008

Diretor                      …    Fernando Meirelles

Roteirista                  …    Don McKellar

Gênero                      …    Drama / Suspense

Elenco

Julianne Moore (mulher do Médico), Mark Ruffalo (médico), Alice Braga (garota de óculos escuros), Gael García Bernal (rei), Danny Glover (velho com tapa-olho/narrador), Yusuke Iseya (primeiro cego) e outros.

Curiosidades

– ‘Ensaio sobre a Cegueira’ é do escritor português José Saramago, vencedor do prêmio Nobel. Uma das exigências feitas por Saramago para vender os direitos de adaptação do livro é que, no filme, não fosse possível reconhecer em qual país a história se passa.

– José Saramago não faz a distinção de personagens pelos seus nomes, mas sim pelas suas características e particularidades e o filme segue esta orientação.

– Julianne Moore teve de cortar e pintar seu cabelo ruivo, uma de suas marcas registradas. Isso a deixou muito desconfortável, pois as pessoas deram muito importância a isso no set de gravações.

– O filme foi produzido pelo Japão, Brasil e Canadá.

– A maior parte das cenas externas do filme foram rodadas em São Paulo – Brasil.

– Durante o processo de preparação para o filme, atores, figurantes e toda a equipe sentiram o que era viver como um deficiente visual. Eles foram vendados , levados de carro para um local desconhecido e deixados na rua. Sempre havia alguém da produção para ajudar os “cegos”, mas ainda assim, o diretor afirmou que alguém sempre entrava em colapso.

– Foi o filme de abertura do Festival de Cannes 2008.

– Mark e Juliane voltaram a trabalhar juntos em 2010, em “Minhas Mães e Meu Pai”.

– Durante as filmagens, Fernando Meirelles criou um blog e no dia 12 de novembro de 2007, ele fez alguns comentário sobre Mark Ruffalo:

“A Ciça, minha mulher, e eu chegamos meia hora antes do jantar de despedida, que foi oferecido pelo Hotel Emiliano, e fomos direto para o quarto da Julianne. O Mark Rufallo foi até seu quarto pegar uma garrafa de vinho branco, nos espalhamos no sofá e coloquei o DVD com algumas cenas do filme já montadas. Não chamamos mais ninguém para assistir, só nós quatro. É duro este tipo de apresentação, é como fazer uma strip-tease, muita exposição, me sinto constrangido.

A Julianne parece que gostou da meia hora a que assistiu e só achou que estava meio exagerada numa cena em que ela chora. Fiquei de rever o material. O Mark, como era de se esperar, elogiou o que viu, elogiou a Julianne, mas ficou arrasado com sua própria performance. Típico. “Eu disse que você deveria ter chamado o Sean Penn”, falou. De fato algumas vezes, depois de acabarmos uma cena ele dizia: “Acho que o Sean Penn ainda está disponível, não me ofendo se você quiser me substituir”. Uma daquelas piadas que não são totalmente piada. Já vi muita gente culpada na vida, mas o Mark bate todos os recordes. É pior do que eu.

Ontem, o Gael (que deu um olé na imprensa brasileira dizendo que tinha voltado para o México, mas ficou tirando umas férias no Brasil) passou na sala de montagem para ver um pouco do filme e depois de elogiar as performances dos colegas me perguntou se algum ator já havia assistido a alguma coisa. Disse que só o Mark e a Julianne haviam visto algumas cenas. “E o Mark achou que estava péssimo, certo?”, perguntou. Risadas. O pior (ou melhor) é que ele está bem para burro, começa o filme como um médico meio arrogante, muito seguro de si mas, depois que perde a visão, começa a se enxergar. E desmonta. Ele parece uma pessoa de verdade, e não o típico protagonista machão de cinema americano, mas vá tentar convencê-lo disso. Talvez a solução para o seu caso seja aumentar o número de sessões de análise ou trocar de analista. Vou sugerir.”

Trailer

Fotos do filme

blindness_2

ensaio-sobre-cegueira-7g

18939648.jpg-r_640_600-b_1_D6D6D6-f_jpg-q_x-xxyxx

18939651.jpg-r_640_600-b_1_D6D6D6-f_jpg-q_x-xxyxx

18939642.jpg-r_640_600-b_1_D6D6D6-f_jpg-q_x-xxyxx

ensaio-sobre-cegueira-8g

blindnessmain

ensaio-sobre-cegueira-1g

ensaio-sobre-cegueira-5g

3

blindness_

tumblr_md9xkldKhC1qbc8avo1_500

Nos bastidores

Fernando+sorrindo+com+elenco+sentado_crédito+Alexandre+Ermel+e+Ken+Woroner[3]

ensaio-sobre-cegueira-10g

ensaio-sobre-cegueira-4g

76875840

ensaio2.468

blindness_film_2

340x

O ensaio para o “Ensaio”

ensaio_3

ensaio_5

ensaio_6

Mark atendendo aos fãs

610xu76

blindness_film_3

1863614957_bd3df70749

Foto memorável: Mark Ruffalo às margens do rio Pinheiros, em SP – Brasil

blindness_007

Exibição de ‘Ensaio Sobre a Cegueira’ no Toronto International Film Festival (2008)

82719977

82695944

Mark Ruffalo na conferência de imprensa do filme, no Canadá

84000545

O diretor Fernando Meirelles e o escritor José Saramago

4CA6FC9AD5864FBAB270FDB871CBB568

Elenco no 61st Annual Cannes Film Festival (2008)

Julianne+Moore+Alice+Braga+Cannes+Blindness+wmC2K6S5EMrl

Julianne+Moore+Alice+Braga+61st+Cannes+Film+D8Qc-bK0HkIl

Exibição de ‘Ensaio Sobre a Cegueira’, em Nova York

82966217

hq_027

82966260

Fontes de pesquisas

http://pro.imdb.com

http://www.newsdacris.com.br

http://www.abril.com.br

http://www.adorocinema.com

http://www.gettyimages.pt

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s